13 de abr de 2011

Le peintre fou perdu dans le siècle dernier...

06/2010  X 04/2011

    A arte sempre teve papel primordial na minha vida. Desde a infância, quando com quatro anos eu aprendi a fazer a minha primeira reprodução e descobri o mundo das tintas, eu pareço me perder em sensações quando mantenho o contato com o que se trata de expressão, seja pictórica, musical, literária ou verbal.

    Quanto mais estudo sobre estética e leio sobre Arte, mais tenho vontade de conhecer os diversos conceitos concebidos sobre este ultimo termo tão subjetivo que ao longo da história, por mais tentativas que se façam, não irá conceber nunca uma determinação fixa sobre o nome em conceituação plena. O que é Belo? O que é Arte -com maiúscula?

    Assim como a vida, a morte e o amor, o termo universal "Arte" possui uma estreita relação com a essencialidade do ser, com o mais intrínseco valor humano. No íntimo, consideramos arte aquilo que nos comove, aquilo que remete a uma memória, uma identidade, ainda que sejam elas forjadas.

    Sei que pareço fugir daquilo que vocês procuram quando entram no meu blog quando começo a tratar de assuntos como este. Arte não é uma coisa muito legal de se discutir em um ambiente de distração na contemporaneidade, não é mesmo? Essas coisas ficam geralmente para as salas de aula. E na academia é que ficam, limitando-se ao espaço livro/leitor/sala de aula; Não vai muito além dali.

    Mas é neste ponto que eu sempre quero tocar. No ponto certo de lembrar a alguém que relute em me ler os pensamentos: Arte é inútil quando o assunto é interminável e complexo, mas é essencial e tão vital a humanidade quanto se tornaram as máquinas desde sua invenção.

    Eu não costumo acordar e pensar sobre o que vou falar durante o dia porque há dias em que todo o meu vocabulário adquirido só é usado para formar curtas frases como "Bom dia" ou "Com licença". Mas acordo com a vontade de compreender algo no céu ou em alguma parte do meu percurso diáfano. Olhar a natureza, a natureza das coisas, permite-me uma distração inenarrável e assim eu penso na Arte como um prazer que não se limita a obras classificáveis ou já classificadas, mas como uma observação consequente de uma sensibilidade adquirida.

   Muitas vezes o que me inspira na escolha de uma roupa é um dos quadros que ficam pendurados nas paredes do meu quarto. Outrora eu leio algo que me faz montar uma imagem na mente e assim eu junto essas cores para uma expressão linear. E eu crio então meu próprio conceito de arte moderna com a segurança de já ter lido cartas de autores dos mais célebres, que convenciam um a um, com suas certezas sobre seu objeto de estudo e resultados, tornando-se antagônicos e nem por isso insanos de sua concepção antológica sobre Arte.

    Mas se o assunto é interminável, melhor que eu me volte a imagem do topo e passe a dizer sobre o pouco que devia para tornar menos chata a publicação de hoje para os que lêem minhas palavras também - e não só as imagens. Pois bem, se não há Arte porque não há conceito incólume, há apenas artistas. E o artista é todo aquele que possui a sensibilidade de observar a natureza em seu aspecto mais subtil e essencial. Artista será aquele que adquire a técnica criada em si, de reproduzir um sentimento que ele absorveu e em profunda inspiração, expirou sobre alguma forma: seja pela voz em sua música ou pelos membros, com a habilidade dos traços ou machas. Artista é quem o é, sem que no exato instante seja preciso a identificação social do artista para tal nominação.

"Então, artista é aquele que expressa."

    Há alguns meses foi o que eu buscava entender quando pintei com tinta Guache uma mulher com um traje cheio de referências existencialistas e em algumas correntes do século XX. E quando ou quem se prestaria a analisar a minha pintura com olhos críticos a ponto de se deparar com essas inspirações senão eu mesma que a fiz? Um quadro não diz muito a quem não enxerga por trás das inúmeras reticências que o mantém.

    Foi no mês de Junho do ano passado [2010] que pintei esta mulher, pensando em um modelo indumentário que me serviria se não fosse o calor da minha terra. E agora, passados dez meses, olhei para o quadro e senti o momento como ideal para vestir o traje cheio de influências modernistas. Para meu espanto, encontrei quase todas as peças que desenhei em meu guarda-roupas. Pensei imediatamente que aquilo se tratava de Memória Identitária e segui o dia sem refletir mais sobre isto como se relacionar os fatos tivesse sido uma descoberta sem mais significados -e não são.

    Eu não usei as roupas desta forma para sair de casa, porque sem sombra de dúvidas, o calor em poucos minutos aniquilaria minha idéia inicial. Mas sem a camisa masculina que foi sobreposta, foi possível "viver" a mimese.

    As cores sóbrias, o caramelo da bolsa de couro e a camisa de seda... Tudo inspirado no século passado e ao mesmo tempo, objetos mais que atuais, onipresentes no mundo da moda dos ultimos meses. E quem irá dizer que esses objetos foram releituras de um momento ainda mais expressivo? Hoje a sociedade possui realidades diversas e as descobertas se voltam muito mais aos meios de comunicação e entretenimento sem reflexão porque a técnica de arte não é levada em conta. A gente contempla qualquer coisa, porque a fugacidade da ação é a premissa do momento.

    E neste mundo tão irônico, onde se perdem valores essenciais enquanto avançam as tecnologias, quem vai dizer que a moda não é Arte andando por aí?...

Clara Campelo
Rio Branco, 13/04/2011

63 comentários:

  1. my dear!
    i love ur blog so much :)
    xx

    ResponderExcluir
  2. "Artista é aquele que expressa."

    Acho que foi mesmo a memória identitária Clarinha, pq ficou perfeitamente parecido!

    A publicação de hj não está nada chata! Vc escreve muito bem querida, #inveja.

    Beeeeeeeeeeeeeijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Wow. This sketch is wonderful!

    Vicky
    new post: .m.a.x.i.:&
    follow me

    ResponderExcluir
  4. Amazing!

    X,

    http://fleurdaily.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Obrigada pela visita.
    De cara já gostei daqui, tbm adoro zebra!
    Vou te seguir.

    ResponderExcluir
  6. Que blog é esse, minha gente? O.o
    Adorei tudo. Principalmente a forma como lida com as imagens. =)

    Obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  7. I love this sketch and I love your outfit! You have great style! Kiah

    ResponderExcluir
  8. this is just so awesome

    http://elenavasilieva.blogspot.com/
    x

    ResponderExcluir
  9. beautiful drawing! INCREDIBLE, a big kiss from
    www.carolinagarciaipserandco.blogspot.com
    nice wednesday!

    ResponderExcluir
  10. amazing illustration! You my dear, are iconic.


    Amber
    Ambersmouthwash

    ResponderExcluir
  11. That illustration is awesome. I wish I was as talented.

    ResponderExcluir
  12. me gusta mucho el outfit de la foto:)
    un beso

    ResponderExcluir
  13. Nice illustration!

    http://initialed.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. nice ! :)



    http://dominiquestyle.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. I love art too (actually I'm studying it), and it's so surprising but not so many people understand and like art...
    And what is art and what it's not? Sadly, I think that some actual artist are being a bid delirious (but that's only my opinion), there's too much money and market in their head (especially market)
    I'd love to understand portuguese to read the text (because google's translator is awful)
    anyway, such a nice picture

    ♥ Marley

    ResponderExcluir
  16. Love it!
    //www.fashion-ice.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. John Lennon glasses all the way ;)
    We love how your ensemble is so classy.

    http://utilisedserendipity.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. thanks for your comment! you have great style

    you can follow me if you want
    http://www.mystylehistory.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. great drawing of you!

    thanks for the comment :)
    ellie oxoxox

    ResponderExcluir
  20. wow what a look, i love everything about it. you look so bold, fierce and a little bit vintage. that orange is simple exuberayting. love the bow, makes it so interesting. i love the pants because they look a little bit boyish. and girl, i am in love with your hair

    ResponderExcluir
  21. such an awesome drawing!

    http://blogoftheprettythings.blogspot.com/

    xxx

    ResponderExcluir
  22. Oi! Adorei a ideia e a ilustração! Está super bem e super gira!
    Bjos :)

    ResponderExcluir
  23. you are truly inspirational...your blog is divine xxx

    ResponderExcluir
  24. what an honor darling clara. i love the drawing.
    hope you're having a great week
    xx

    ResponderExcluir
  25. Very well said Clara! I love the outfit and your illustration! Art should have a more important role in today's society! xoxoxoo

    ResponderExcluir
  26. Ah thank you so much! Your blog is amazing, and your header is so too! I can't understand the text on your blog, but the pictures are really cool. Love your blog!!

    ResponderExcluir
  27. Thakns for visiting, your blog looks interesting and very stylish :)

    ResponderExcluir
  28. Amazing!
    Thanks for your lovely comment

    ResponderExcluir
  29. YOU"RE HEADER IS AMAZING! is that you?
    thanks for your comment gorgeous!! im following <3

    www.moustachic.com
    www.moustachic.com
    www.moustachic.com

    ResponderExcluir
  30. cool)
    http://mrsjuliajulia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. ah que legal! estou seguindo! bjs :D

    ResponderExcluir
  32. I love your pictures...You have such a great blog.... and what a cute car you drive. I have never seen one like that. It is adorable!

    ResponderExcluir
  33. gostei muito do texto e que alguém, no meio de milhões de blogs, escreva assim um texto.
    adorei a ilustraçao e o look.

    vou sem duvida seguir o blog :)

    Lau
    http://thenewblacksheep.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. Your style is absolutely amazing, but that drawing looks very gothic lol. Love it nonetheless!

    ResponderExcluir
  35. amazing look and great drawings!

    ResponderExcluir
  36. O pintor até hj consegue manter sua identidade. Isso é personalidade identitária? mui bueno\)/

    ResponderExcluir
  37. you have amazing style

    http://www.anticsofthemoon-blog.com/

    ResponderExcluir