21 de abr de 2018

Reflexão do dia - sobre o avião

Lá de cima eu pensei: que os ventos são sempre certos, mesmo quando bagunçam tudo. No avião, eu lembrei que sempre fico tonta quando ele decola - e ironicamente escolhi um piloto pra namorar. No avião, tantas milhas acima do chão, meus pés flutuavam e minha cabeça levitava em outro plano: meditei!

Tem gente ali que só quer voar pra fugir, há quem esteja ali a trabalho, outros em busca de diversão, pra mim é sinônimo de casa: porque ele me leva pra alguém em algum lugar.

Pra alguns dá medo, pra outros adrenalina, pra mim tontura, pra outros é aventura. Tem gente que viaja sorrindo, tem gente que viaja chorando. E há quem faça os dois, porque viajar é deixar um lugar e ir de encontro a outro, muitas vezes pela primeira vez! Lá as ideias se misturam entre ontem e amanhã. Avião é uma máquina de agora com muita pressa.

Avião é transição, Avião é passarão... que como toda ave, estreita espaços e tempo de um jeito sublimin-AR.
Avião é experiência pura! É a nossa chance de ser ágil e grande. Porque estamos todos na mesma velocidade que ele, mesmo sentados {se é que me lembro bem das ininteligíveis aulas de física na escola}.

Viajar... é mergulhar na gente de um jeito novo a cada vez que os pés pousam no chão. E dessa vez, por milagre, eu não senti náuseas. Será que finalmente fiz as pazes com o avião?!  ✈️ #verborragias

Nenhum comentário:

Postar um comentário