5 de dez de 2017

Catedral Vegetal - Lodi, Itália


Lodi é uma cidade italiana que possui poucos pontos turísticos de grande repercussão. Mas um artista nascido ali, Giuliano Mauri, que teve obras espalhadas por varias cidades europeias, deixou o projeto de sua segunda “Catedral Vegetal” para a cidade (a primeira é localizada em Bergamo, também na Itália). Após sua morte, a neta criou o instituto Mauri e passou a cuidar de tudo para que o espaço saísse do papel. Em uma visita com a turma do curso de Critica e Storia dell'Arte, pude conhecer pessoalmente a Cattedrale Vegetale de Lodi, inaugurada em 2016.

É uma obra aberta que podemos permear, conhecer e nos encantar. É perceptível que Mauri queria fazer uma obra totalmente ligada à natureza, uma expressão de contemplação e impacto visual. As colunas que podemos ver nas fotos guardam árvores plantadas na construção do monumento, que crescerão tomando o lugar da estrutura atual. Uma obra de movimento e de algum modo também, um reflorestamento! 😁🌿


“La Cattedrale vegetale” de Giuliano Mauri, expressa a conduta de um artista que não tinha religião mas projetou uma obra “natural” e aberta ao público para servir de templo. As colunas feitas com gravetos entrelaçados circundam árvores plantadas em simetria que crescerão e ultrapassarão a estrutura. Assim, a obra está em constante mutação de acordo com as fases das plantas que um dia, talvez em vinte anos, arrebentarão a caixa e se apresentarão enfileiradas como um bosque em meio a cidade.


Para conhecer a Catedrale Vegetale, você só precisa ir a Lodi e procurar o parque onde ela está instalada. É realmente aberto e você vai se encantar se puder ver o pôr do sol ali. Para mais info, procure a página do Facebook de Giuiano Mauri e veja também a Catedral Vegetal de Bérgamo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário