25 de mar de 2016

Mais um sonho realizado: Arquiteta e Urbanista!


Vestido: Chic Wish, Sapato: AmiClub

Um dia, com aproximadamente 7 anos, perguntei ao meu pai se poderia ser pintora quando crescesse. Ele disse que a profissão não me renderia muito dinheiro e que eu deveria escolher outra profissão. Então eu perguntei "e desenhista, eu posso ser?", e ele respondeu que sim, caso eu escolhesse a profissão do meu padrinho, Ricardo Campelo, que "desenhava casas". Na época não fiquei tão contente com o tema, pois realmente não era meu forte desenhar casas, afinal, com 7 anos, era muito mais interessante desenhar os personagens da Disney e às casas, sobrava a atenção suficiente de uns poucos minutos, para fazê-las daquele jeito: com duas águas, uma porta e uma janela. Mesmo assim, fiquei contente: eu poderia fazer o que mais gostava na vida, de forma profissional: desenhar! Eu cresci com a idéia na cabeça: seria Arquiteta!

No meio do caminho, me encantei com a poesia, escrevi um livro e entrei no curso de Letras Português. Logo depois, aproveitei o diploma para entrar em Letras Inglês e ao mesmo tempo, escrevia um blog de moda (que vive até hoje) e surgiu de outra paixão: A arte de vestir! Estudei Arquitetura e Urbanismo enquanto fazia muitas outras coisas e o curso, que deveria me exigir tempo integral, acabou ficando de lado frente a tantas possibilidades. Eu poderia ter me perdido no caminho, mas fazer o que se ama é sempre se encontrar, mesmo que em tempo indeterminado.

E eu me encontro sim e amo tudo o que faço!! Dessa vez o diploma é de Arquitetura, mas provavelmente não é por aí que paro. Sou grata à minha mãe, que sempre acreditou nas minhas loucuras e me deu força para seguir mesmo sendo uma tímida com personalidade meio louca. Sou grata aos amores que vivi no meio do caminho, por terem me dado alguma coisa a mais de sensibilidade. E, de novo, grata a minha mãe Eliana Campelo, por sempre ter enxergado em mim a aura de Poeta!
Um diploma a mais não conta tanto quanto o aprendizado que a vida me deu até então, mas é uma vitória que dedico a quem me possibilitou esse sonho realizado. Comecei a tarde proferindo meu juramento. E eu Juro, Juro exercer a alegria de fazer arte, sempre e até quando Deus me permitir! 💖


Um comentário: