24 de mai de 2009

Device to Root Out Evil

O americano Dennis Oppenheim tem sido um dos artistas pioneiros em conceitualismo, land art, body art, video e esculturas. Em 2007 ele criou esta escultura, uma igreja virada de cabeca para baixo, chamada de Device to Root Out Evil (dispositivo pra erradicar mal), e foi primeiramente aclamado na Bienal de Veneza deste mesmo ano, mas desde entao o trabalho vem gerando muitas controversias. Ofericida ao fundo publico de arte de Nova York, foi recusada com medo de estimular reacoes negativas da igreja e religiosos. Alguns anos depois, a Universidade de Stanford voltou atras num negocio para comprar a escultura, depois de inumeras reclamacoes de paroquianos locais. Em 2006 a escultura tinha sido comprada por uma fundacao privada em Vancouver, a Benfic Foundation, por mais mais de 300 mil dolares. Estava instalada permanentemente no Harbour Green Park, e fez parte da Vancouver International Sculpture Biennale Open Spaces 2005/2006.



Depois de quase dois anos, sobre a reclamacao de que estava bloqueando a vista do porto, por decisao unanime dos comissionarios do Vancouver Park Board, foi decidido retirar a escultura do parque por pressao da comunidade, e ela foi enviada ao Glenbow Museum de Vancouver, onde aguarda patrocinadores e outro local apropriado para a escultura de quase sete metros de altura.
Acho uma estrategia interessante colocar um objeto familiar de cabeca para baixo, estimulando um exame das nossas noções pre-concebidas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário